pagar

  • pa
  • gar
verbo

Os verbos aceitar, ganhar, gastar, pagar e salvar têm um particípio regular (longo) e um particípio irregular (irregular).

O particípio irregular (curto) desses cinco verbos pode ser usado tanto com os verbos ter/haver quanto com os verbos ser/estar: é correto dizer “tinha pago” ou “tinha pagado”. O particípio regular (longo), em desuso, só pode ser usado com os verbos ter e haver.

Flexão

Indicativo
Presente Pretérito
imperfeito
Pretérito
perfeito
eu pago pagava paguei
tu pagas pagavas pagaste
ela, ele, você paga pagava pagou
nós pagamos pagávamos pagamos (ou pagámos)
vós pagais pagáveis pagastes
elas, eles, vocês pagam pagavam pagaram
 
Pretérito
mais que perfeito
Futuro
imperfeito
Futuro
perfeito (condicional)
eu pagara pagarei pagaria
tu pagaras pagarás pagarias
ela, ele, você pagara pagará pagaria
nós pagáramos pagaremos pagaríamos
vós pagáreis pagareis pagaríeis
elas, eles, vocês pagaram pagarão pagariam
 
Conjuntivo / Subjuntivo
Presente Pretérito
imperfeito
Pretérito
perfeito
eu que eu pague se eu pagar que eu pagasse
tu que tu pagues se tu pagares que tu pagasses
ele/ela que ele pague se ele pagar que ele pagasse
nós que nós paguemos se nós pagarmos que nós pagássemos
vós que vós pagueis se vós pagardes que vós pagásseis
eles/elas que eles paguem se eles pagarem que eles pagassem
 
Imperativo e infinitivo
Imperativo
afirmativo (negativo)
Infinitivo flexionado Formas nominais  
eu - pagar
Infinitivo pagar
Gerúndio pagando
Particípio pagado ou pago
tu paga (não pagues) pagares
ele/ela pague (não pague) pagar
nós paguemos (não paguemos) pagarmos
vós pagai (não pagueis) pagardes
eles/elas paguem (não paguem) pagarem